Radio Utopia Player

25ª edição do Curtas Vila do Conde

Mão Morta, Capitão Fausto, Pega Monstro, Evols, Chassol e Atlantic Coast Orchestra, vão marcar presença na edição do Festival Curtas Vila do Conde 2017, o festival volta a evidenciar a intersecção entre o cinema e a música na secção Stereo com concertos, sessões de cinema e uma competição de vídeos musicais.

Curtas Viila do Conde comemora 25º aniversário

O 25º Curtas Vila do Conde, que decorre entre 8 e 16 de julho, tem o apoio do programa MEDIA/Europa Criativa, da Câmara Municipal de Vila do Conde, do Ministério da Cultura, do Instituto do Cinema e Audiovisual e de vários parceiros imprescindíveis à realização do festival.

Curtas regressa a casa

O Auditório Municipal de Vila do Conde – o local que acolheu as primeiras 18 edições do Curtas Vila do Conde e onde o festival regressa em 2017 para assinalar o 25º aniversário – recebe as bandas Evols (9 de julho) e Pega Monstro (10 de julho) para concertos de apresentação dos seus novos álbuns Evols III e A Casa de Cima, respetivamente.

Os bilhetes para estes espetáculos custam entre 5 e 14 euros e encontram-se à venda no Teatro Municipal de Vila do Conde e na rede da Bilheteira Online. Os portadores do Free Pass do festival têm acesso gratuito, com exceção dos concertos de Mão Morta e Capitão Fausto, para os quais têm 50% de desconto. Este passe geral, à venda a partir de 35 euros exclusivamente no site do Curtas Vila do Conde, garante também o acesso a todas as sessões de cinema.

Stuart Staples de regresso 

Na secção Stereo, será apresentado, a 12 de julho, Minute Bodies: The Intimate World of F. Percy Smith, realizado por Stuart Staples, o vocalista dos Tindersticks, banda que esgotou dois espetáculos no Curtas Vila do Conde em 2015. Este filme é um tributo ao trabalho pioneiro de F. Percy Smith, inventor e cineasta do início do século XX, que desenvolveu técnicas cinematográficas de captação dos segredos da natureza em ação. Partindo de imagens de arquivo do próprio F. Percy Smith e tirando partido da experiência musical de Stuart, o filme constrói uma narrativa silenciosa que abre espaço a novas leituras sobre o trabalho original do documentarista britânico. A longa-metragem conta com banda sonora original dos Tindersticks, em colaboração com Thomas Belhom e Christine Ott.

 A 8 de julho, os músicos da Atlantic Coast Orchestra, dirigidos pelo maestro Luis Clemente, vão interpretar, ao vivo no Curtas Vila do Conde, uma banda sonora escrita pelo compositor Andrew E. Simpson para o clássico mudo de Buster Keaton, The General (Pamplinas Maquinista, de 1926). Formada em 2015, a Atlantic Coast Orchestra é um projeto que reúne alguns dos melhores jovens músicos profissionais.

 

A 12 de julho, o francês Chassol estreia-se em Portugal com um espetáculo audiovisual onde vai apresentar um dos seus mais recentes projetos, Big Sun. Pianista, compositor, arranjador e produtor musical, Christophe Chassol tem captado a atenção da crítica e conquistado a admiração de músicos como Frank Ocean, Flying Lotus, Solange e Thundercat.

 

Os Capitão Fausto, trazem ao Curtas Vila do Conde, a 14 de julho, o álbum Os Capitão Fausto têm os dias contados. Neste espetáculo, a banda de rock lisboeta apresenta-se num formato especial interpretando temas como Corazón, Amanhã Tou Melhor e Morro na Praia enquanto revisita os momentos que estiveram na génese dessas canções através de excertos do documentário Pontas Soltas. Realizado por Ricardo Oliveira, o filme, que será apresentado no Curtas Vila do Conde numa nova versão, acompanha o processo criativo e os bastidores da gravação do terceiro álbum do grupo

 

No ano do 25º aniversário de Mutantes S21, os Mão Morta sobem ao palco do Teatro Municipal, no sábado 15 de julho, para uma apresentação integral do mítico álbum. A banda de Adolfo Luxúria Canibal regressa, assim, ao festival, onde atuou há nove anos, para um concerto de celebração do disco que colocou os Mão Morta no radar do rock português.

 

A Competição de Vídeos Musicais voltará a apresentar uma seleção dos melhores vídeos musicais portugueses, inovadores na arte de combinar música e cinema. Procurando sempre acompanhar a evolução dos géneros e a forma de fazer cinema, esta competição, dedicada nos últimos anos exclusivamente à produção nacional, tem exibido os trabalhos de alguns dos artistas que mais se destacam na área, entre eles André Tentugal, Vasco Mendes, Paulo Furtado, Rodrigo Areias, entre outros.

Apoie a Rádio Utopia.

Valor:
Go to top