Radio Utopia Player

3 projetos de turmas da ETIC_Algarve nomeados para Festival Internacional de Curtas-metragem do Porto.

 O Porto7 - Festival Internacional de Curtas-Metragens do Porto, anunciou a lista de nomeados para as categorias em concurso para a edição de 2017 do festival e a ETIC_Algarve conta com 3 filmes nomeados! Um documentário, uma ficção e um videoclip foram os vídeos concebidos, produzidos e realizados por alunos da ETIC_Algarve que foram distinguidos por estas nomeações.

A Ficção "Choupan" realizada pela turma de Realização 14|16 foi nomeada para a categoria de Ficção Nacional e será exibida no dia 16 de junho (6ª feira) na sessão que irá iniciar às 21h30.

Com exibição marcada pra as 21h30 do dia 17 de junho (sábado), está o documentário "O Filho da Arte" realizado pela turma do curso de Design de Comunicação e Multimédia 14|16, que se debruça sobre o percurso do artista plástico quarteirense Menau.

A 3ª nomeação vai para o videoclip "Benção" realizado pela turma de Realização 15|17 para a música com o mesmo nome de Jotta P. ft. Billy Fresh. O videoclip vai ser exibido igualmente no sábado, 17 de junho, mas na sessão que começa às 24h.

Filho da Arte
Filho da Arte

As sessões competitivas vão acontecer no Forte S. João Baptista da Foz, e são todas de entrada gratuita. No domingo, dia 18, está agendado para as 22h o anúncio e projecção dos filmes vencedores do Festival Porto7.

Para Nuno Ribeiro, diretor da ETIC_Algarve estas nomeações são um motivo de "orgulho, pelo reconhecimento do trabalho dos nossos alunos e formadores, mas também porque é uma evidência da qualidade do trabalho sério, criativo e interventivo que temos vindo a desenvolver, e que nos confere um caráter único e diferenciador."

O Festival

Organizado pela FICP - Associação para a promoção da cultura, cinema, artes e meios audiovisuais, o Porto7 é um festival anual com entrada grátis para todas as sessões e múltiplas atividades que decorrem ao longo do evento.

 

Dividido em 5 categorias internacionais (Ficção, Animação, Documentário, Videoclip e Micro-Metragem) e 1 categoria nacional (Ficção),  o Porto7 pretende promover "a produção e exibição de curtas-metragens em todas as vertentes e o intercâmbio cultural entre as diversas nacionalidades participantes".

25ª edição do Curtas Vila do Conde

Mão Morta, Capitão Fausto, Pega Monstro, Evols, Chassol e Atlantic Coast Orchestra, vão marcar presença na edição do Festival Curtas Vila do Conde 2017, o festival volta a evidenciar a intersecção entre o cinema e a música na secção Stereo com concertos, sessões de cinema e uma competição de vídeos musicais.

Curtas Viila do Conde comemora 25º aniversário

O 25º Curtas Vila do Conde, que decorre entre 8 e 16 de julho, tem o apoio do programa MEDIA/Europa Criativa, da Câmara Municipal de Vila do Conde, do Ministério da Cultura, do Instituto do Cinema e Audiovisual e de vários parceiros imprescindíveis à realização do festival.

Curtas regressa a casa

O Auditório Municipal de Vila do Conde – o local que acolheu as primeiras 18 edições do Curtas Vila do Conde e onde o festival regressa em 2017 para assinalar o 25º aniversário – recebe as bandas Evols (9 de julho) e Pega Monstro (10 de julho) para concertos de apresentação dos seus novos álbuns Evols III e A Casa de Cima, respetivamente.

Os bilhetes para estes espetáculos custam entre 5 e 14 euros e encontram-se à venda no Teatro Municipal de Vila do Conde e na rede da Bilheteira Online. Os portadores do Free Pass do festival têm acesso gratuito, com exceção dos concertos de Mão Morta e Capitão Fausto, para os quais têm 50% de desconto. Este passe geral, à venda a partir de 35 euros exclusivamente no site do Curtas Vila do Conde, garante também o acesso a todas as sessões de cinema.

Stuart Staples de regresso 

Na secção Stereo, será apresentado, a 12 de julho, Minute Bodies: The Intimate World of F. Percy Smith, realizado por Stuart Staples, o vocalista dos Tindersticks, banda que esgotou dois espetáculos no Curtas Vila do Conde em 2015. Este filme é um tributo ao trabalho pioneiro de F. Percy Smith, inventor e cineasta do início do século XX, que desenvolveu técnicas cinematográficas de captação dos segredos da natureza em ação. Partindo de imagens de arquivo do próprio F. Percy Smith e tirando partido da experiência musical de Stuart, o filme constrói uma narrativa silenciosa que abre espaço a novas leituras sobre o trabalho original do documentarista britânico. A longa-metragem conta com banda sonora original dos Tindersticks, em colaboração com Thomas Belhom e Christine Ott.

 A 8 de julho, os músicos da Atlantic Coast Orchestra, dirigidos pelo maestro Luis Clemente, vão interpretar, ao vivo no Curtas Vila do Conde, uma banda sonora escrita pelo compositor Andrew E. Simpson para o clássico mudo de Buster Keaton, The General (Pamplinas Maquinista, de 1926). Formada em 2015, a Atlantic Coast Orchestra é um projeto que reúne alguns dos melhores jovens músicos profissionais.

 

A 12 de julho, o francês Chassol estreia-se em Portugal com um espetáculo audiovisual onde vai apresentar um dos seus mais recentes projetos, Big Sun. Pianista, compositor, arranjador e produtor musical, Christophe Chassol tem captado a atenção da crítica e conquistado a admiração de músicos como Frank Ocean, Flying Lotus, Solange e Thundercat.

 

Os Capitão Fausto, trazem ao Curtas Vila do Conde, a 14 de julho, o álbum Os Capitão Fausto têm os dias contados. Neste espetáculo, a banda de rock lisboeta apresenta-se num formato especial interpretando temas como Corazón, Amanhã Tou Melhor e Morro na Praia enquanto revisita os momentos que estiveram na génese dessas canções através de excertos do documentário Pontas Soltas. Realizado por Ricardo Oliveira, o filme, que será apresentado no Curtas Vila do Conde numa nova versão, acompanha o processo criativo e os bastidores da gravação do terceiro álbum do grupo

 

No ano do 25º aniversário de Mutantes S21, os Mão Morta sobem ao palco do Teatro Municipal, no sábado 15 de julho, para uma apresentação integral do mítico álbum. A banda de Adolfo Luxúria Canibal regressa, assim, ao festival, onde atuou há nove anos, para um concerto de celebração do disco que colocou os Mão Morta no radar do rock português.

 

A Competição de Vídeos Musicais voltará a apresentar uma seleção dos melhores vídeos musicais portugueses, inovadores na arte de combinar música e cinema. Procurando sempre acompanhar a evolução dos géneros e a forma de fazer cinema, esta competição, dedicada nos últimos anos exclusivamente à produção nacional, tem exibido os trabalhos de alguns dos artistas que mais se destacam na área, entre eles André Tentugal, Vasco Mendes, Paulo Furtado, Rodrigo Areias, entre outros.

Capitólio reabre dia 5

No dia 5 de Maio o Cineteatro Capitólio/Teatro Raul Solnado volta a abrir portas para a aquela que será a primeira sessão de cinema ao ar livre do 14.º IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema Independente. Desde o seu passado cinéfilo do pós-25 de Abril, que teve o seu fim nos anos 90 com o fecho do edifício, esta será a primeira vez que o Capitólio recebe uma programação regular de cinema, durante as datas do festival. De 5 a 13 de Maio, todas as noites, pelas 21h30, será apresentado um filme da secção IndieMusic, no terraço. Na primeira noite é apresentadoTony Conrad: Completely in the Present, o documentário que olha o legado incontornável do “padrinho” dos Velvet Underground.

Imagens Reencontradas ciclo de cinema

Vai decorrer de 6 de Abril a 25 de Maio o ciclo de cinema As Imagens Reencontradas, que terá entrada livre, às quintas-feiras, pelas 18:30, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa. Esta iniciativa pretende partilhar momentos fulcrais da História do Cinema com os outros, quer se encontrem dentro ou fora da comunidade académica.

O ciclo As Imagens Reencontradas, com curadoria de Tiago J. Silva (estagiário curricular no Núcleo de Programação Cultural da Reitoria da UL), organiza-se com o objectivo de cumprir aquele propósito, problematizando questões relacionadas com a cinefilia e, por esse motivo, tentando fazer justiça às memórias e imagens que recordamos da História do Cinema. As sessões do ciclo contarão sempre com convidados que fazem uma breve apresentação do filme: António M. Feijó, Clara Rowland, Fernando Guerreiro, Ivo Canelas, Mário Jorge Torres, Simão Valente e Tiago J. Silva. A escolha dos filmes coube a cada convidado, e pediu-se apenas que se cumprisse um requisito: o filme em questão tem de ser um filme que recordem da História do Cinema — e, portanto, um dos filmes das suas vidas.

3 Curtas-Metragens portuguesas na 67ª Berlinale

As curtas-metragens “Altas Cidades de Ossadas” de João Salaviza, “Coup de Grâce” de Salomé Lamas e “Cidade Pequena” de Diogo Costa Amarante foram selecionadas para a 67ª edição da Berlinale – Festival Internacional de Cinema de Berlim, que terá lugar entre 9 e 19 de fevereiro na capital alemã.

Os três filmes, distribuídos pela Agência da Curta Metragem, integram a competição Berlinale Shorts concorrendo, juntamente com 23 curtas de 19 países diferentes, ao Urso de Ouro e Urso de Prata. Trata-se de uma presença extraordinária da produção nacional na competição de curtas-metragens da Berlinale, que o próprio festival destaca em comunicado, e que conta, ainda, com um quarto filme português a concurso: “Os Humores Artificiais” de Gabriel Abrantes.

O júri desta competição é composto por Christian Jankowski, artista e professor alemão, Kimberly Drew, curadora, escritora e gestora de redes sociais do Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque, e o chileno Carlos Núñez, programador de festivais de cinema e produtor de filmes.

4ª edição d’ O Dia Mais Curto, começou dentro da piscina

A 4ª edição d’ O Dia Mais Curto, a festa da curta-metragem inspirada no Solstício de Inverno, arrancou a 1 de dezembro, com uma sessão de cinema, dentro da piscina do Santana Hotel & SPA, em Vila do Conde. Durante todo o mês de dezembro, com incidência no dia 21, no Solstício de Inverno, O Dia Mais Curto será assinalado em 34 localidades portuguesas com uma seleção de curtas-metragens nacionais e internacionais, para adultos e crianças.

A ver - Dishoom

Na edição de 2015 de um campeonato de críquete, a Índia bate o Sri Lanka na Semifinal, e irá defrontar o Paquistão nas Finais. A única coisa que poderá impedir a vitória da Índia é o facto do principal jogador da Índia - Viraj Sharma, ter sido sequestrado. Isto leva a que seja criada uma força conjunta Indiana, que juntamente com a Polícia dos Emirados, irá efetuar todos os esforços necessários para encontrar o jogador indiano. Esta missão irá conduzi-los a cenários distintos, deste locais fantásticos, como ruas à beira-mar e belos iates, e irá levá-los a atravessar a fronteira para um país mais rústico, com apartamentos antigos, mercados de tapetes e artigos locais. Esta busca traz-nos uma jornada cheia de ação, amor, amizade e honra.

Ver trailer

Apoie a Rádio Utopia.

Valor:
Go to top