Radio Utopia Player

“Dancers” é o 2º single do álbum “There is a World Outside That Door” editado em Outubro de 2016.

São 10 temas rock para ouvir de seguida e que não deixam ninguém indiferente!

“O álbum está muito mais rock do que pop, que até aqui marcava mais pontos na nossa sonoridade. Continuamos numa onda muito "british" com o uso de alguns sons eletrónicos, e os pianos "saltitantes" cheios de efeitos que são já marca do que fazemos continuam presentes”.

Ouvir Aqui

''Este chão que pisamos'' é o titulo do novo disco de Pedro e os Lobos, que sublinha um caminho musical esteticamente marcado pela interligação de várias culturas e linhas musicais na busca de uma sonoridade própria.

Tendo as guitarras como figura central das suas composições, Pedro Galhoz continua a mostrar neste disco a sua paixão pela mistura de diferentes culturas, pelas bandas sonoras, pelo deserto e pelos clássicos da música americana que convivem aqui em harmonia com a lusofonia, na palavra e no sentimento.

''Este chão que pisamos'', é composto por sete temas originais em que os convidados Adolfo Luxúria Canibal (Mão Morta), Jorge Benvinda (Virgem Suta), Viviane, Joana Machado, Marisa Anunciação e Sónia Oliveira dão voz às palavras de Pedro Galhoz.

Para lá das canções com voz, este disco conta ainda com um tema instrumental “ Andaluzia” que pertence à banda sonora da curta metragem “ Luto branco”.

''Este chão que pisamos'' é mais um capitulo numa caminhada musical marcada pela vontade de fazer música entre amigos e consequentemente mostrar o resultado desse trabalho em disco e no palco.

 

Próximos Concertos

11 de Março |  Évora, Teatro Municipal Garcia de Resende

06 de Maio | Famalicão, Casa das Artes

The Code apresentam o EP “Estrada”

The Code apresentam o EP “Estrada” em formato digital.

Dois anos após a primeira atuação em público na Ilha de São Miguel (Açores) de onde são oriundos, The Code apresentam o primeiro trabalho de originais, “Estrada”.

Percorrendo vários estilos, desde o funk ao pop, passando pelo rock e pelo jazz, os 3 temas (“É o Amor”, “Hope Song”, “What’s Wrong With You”) que compõem o EP não irão deixar ninguém indiferente.

The Code são:

Marisa Oliveira (voz), Félix Medeiros (guitarra), Amadeu Medeiros (bateria), Hugo Medeiros (teclados) e André Ferreira (baixo).

The Code, um nome a fixar.

Ouvir Aqui

O Natal de Miguel Angelo

Uma canção de Natal é para todos os Natais, refazendo uma máxima popular, "Um Natal é quando uma canção quiser". "O Teu Natal" é uma canção lançada originalmente por Miguel Ângelo em 2013 e destinada a essa eternidade.

No espírito dos contos de Dickens, retrata os tempos mais conturbados que vivemos ultimamente, na perspectiva positivista - contaminada pela Quadra - de que tudo sendo passageiro, o nosso objetivo sejam as pessoas e não as coisas.

Ouvir Aqui

“Frenética" é o novo álbum de Patrícia Candoso

Depois de um longo período de maturação artística, Patrícia Candoso reactiva agora a sua carreira musical com a edição de um novo álbum, o terceiro do seu percurso. “Frenética” reflete a maturidade de Patrícia enquanto mulher independente e artista consolidada na indústria do entretenimento, mantendo agora uma harmonização perfeita entre as vertentes de música, televisão e teatro.

Com o cunho criativo do cantor/compositor Mikkel Solnado e o selo da Music In My Soul, o novo álbum estará disponível em pré-venda a partir de 2 de Dezembro, sendo antecedido pelo single “Ready For It”. Mais quatro temas promocionais serão lançados semanalmente em antecipação ao disco, cuja edição digital está prevista para 20 de Janeiro.

Patrícia Candoso, cantora e atriz de 34 anos, é licenciada em Ciências da Comunicação e fez formação de música e teatro. A sua carreira começou ao interpretar “Catarina” na telenovela da TVI, “Sonhos Traídos”, em 2001. Depois disso integrou a primeira temporada da famosa série juvenil “Morangos com Açúcar”, onde começou a cantar, tendo acabado por lançar dois álbuns – “O Outro Lado” (2004) e “Só Um Olhar” (2006) - que contêm vários sucessos. A partir daí, Patrícia nunca mais parou e tem trabalhado continuamente em televisão, teatro, cinema, publicidade e música.

Apesar do gosto pela área da comunicação e do jornalismo, os convites e o talento têm falado mais alto, e foi este o rumo que Patrícia escolheu dar à sua vida. “Mundo Meu”, “Casos da Vida”, “Um Lugar Para Viver” e “Louco Amor” são exemplos de projetos que marcaram o seu percurso. Atualmente concentra as suas forças no regresso à música, tendo produzido o terceiro álbum em estúdio na companhia do cantor, compositor e produtor Mikkel Solnado, a ser lançado em Dezembro com o selo da Music In My Soul.

Ouvir Aqui

Os Polegar apresentam EP de estreia

João Gomes, Rui Rosa, Tiago Cordeiro e Tomás Branco Gonçalves, são o grupo pop proveniente da cidade de Torres Novas. Em 2015 não conseguiram vencer o "I Concurso de Bandas Nova Música", nem completar todas as cadeiras da faculdade. No encerrar de 2016, a alegria é outra e vêem ser editado pela Azul de Tróia o primeiro registo fonográfico da carreira principiante, qual peteca de badminton esvoaçando pelo pavilhão gimnodesportivo.

O "Assalto À Residência" (AT019) foi gravado e misturado no Promontório, pelas mãos do Tiago Brito. A arte gráfica ficou a cargo do Henrique Salgueiro e não podia servir melhor o propósito. A produção da banda e a supervisão deste trabalho foi assumida pelo Pedro de Tróia.

A edição física de "Assalto À Residência" estará à venda no concerto de apresentação, dia 9 de Dezembro, no Musicbox (Lisboa). Os Polegar são uma das três bandas convocadas para a primeira "Galopante Festa", os bilhetes estão à venda e o essencial está aqui.

Ouvir Aqui

”Blind By Choice” é o sinlge de estreia dos Zuuzaa

Novembro é o mês que marca a estreia do novo projecto sensação da música nacional. Os Zuuzaa revelam “Blind By Choice”, um tema ritmado que mantém viva a alma e a mensagem do bom e velho blues rock, extraído do álbum de estreia, “MARA”.

Graças ao selo da Music For All o projecto de Rafael Ribeiro, Inês Carvalho, Mariana Matoso, Rafaela Pereira, Bernardo Jorge e Matt Seybald chega finalmente ao mercado português, sendo esta a mais recente aposta de um extenso leque de artistas, e bandas, com provas dadas em Portugal e no estrangeiro.

O ano de 2016 marca a estreia de um dos projectos mais promissores da actualidade. São portugueses, dão pelo nome de Zuuzaa e propõem uma infusão de Rock, Blues e Soul com particular destaque para um coro feminino que nos transporta para os saudosos anos 60.

Após um intenso período criativo Rafael Ribeiro, guitarrista e vocalista, assumiu a árdua tarefa de formar uma banda que desse corpo, vida e sentimento às canções por si habilmente escritas. Primeiro muniu-se da doce voz de Inês Carvalho, sua amiga de longa data. Depois da talentosa dupla Mariana Matoso e Rafaela Pereira. Este distinto trio, de vozes marcadamente femininas, começou por colaborar numa só faixa. Contudo, rapidamente, se tornou perceptível que parte da magia da banda residia na alma, garra e emoção que as três davam às canções de Rafael Ribeiro. Foi com esta formação, que os então intitulados Zuuzaa & The Last Jesters, viram finalizadas as suas dez primeiras composições originais.

Com a entrada do baixista francês Matt Seybald e do baterista Bernardo Jorge a banda ganhou experiência e versatilidade, enriquecendo o seu trabalho em estúdio assim como a performance em palco. Graças aos contributos dos novos membros o número de temas originais subiu para 13 e o mês de Setembro marcou a estreia nos palcos nacionais.

Depois do lançamento do primeiro álbum de originais, intitulado “MARA”, está a decorrer o processo de gravação dos videoclips dos primeiros singles. Esta é também a fase em que surgem mais concertos e performances ao vivo, alimentando assim a paixão pelo palco, e pelo contacto directo com o público, espalhando a música, e a mensagem, por detrás de tão astutas criações.

Ouvir Aqui

Ricardo de Sá apresenta o EP "Epifania"

Em formato digital a 25 de Novembro

Simultaneamente Ricardo de Sá lança os videoclips dos cinco temas do EP.

• Pessoa Errada

• Não Te Quero Mais

• Histórias

• Fantasia

• És Tu

“EPIFANIA” usa a música ao vivo para fazer entender e compreender melhor o conteúdo do álbum “Histórias”.

As palavras e os sons ganham mais força e permitem ter uma experiência próxima de um concerto. É a forma de encerrar esta história e começar a contar uma nova.

Ouvir Aqui

 

João Caetano estreia projecto a solo em português

Músico da banda inglesa Incognito

Trata- se do projecto musical a solo do cantor e percussionista João Caetano de 27 anos, jovem talento da Moderna Lusofonia.

O projecto, que assenta numa cultura de “preservação da tradição popular Portuguesa”, reinventa a tradição - aliando harmoniosamente tradição e modernidade. Valorizando a estética moderna, João Caetano levará a palco a sua voz ao sabor de temas originais e uma variedade de instrumentos onde se incluem os Bombos e a Guitarra Portuguesa.

João Caetano apresenta este novo projecto em Portugal já no próximo mês de Dezembro.

Ouvir Aqui

Margarida Pinto (Coldfinger) está de volta

“BENDITA ERA EU” É O PRIMEIRO ORIGINAL EM 7 ANOS

O tema “Bendita era Eu”, primeiro avanço do álbum a ser editado em 2017, com produção entregue a Frederico Pereira, traz-nos uma Margarida envolvida em ambientes pop electrónicos tão actuais quanto sofisticados, a cruzar assumidamente a língua portuguesa com uma sonoridade musical global. O videoclip, realizado por José Pedro Sousa, já está disponível.

Margarida Pinto levanta assim o véu sobre o seu terceiro trabalho de originais em tom de recomeço, com um percurso marcado por uma transformação pessoal e criativa que não poderia deixar de se reflectir no novo disco. “Apontamento”, o primeiro álbum a solo de Margarida Pinto, editado em 2005, apresentou-nos uma Margarida de voz melódica e de ambiente jazzístico e poético, registo que viria a ter continuidade no EP “A Aprendizagem” de 2009, num percurso que começou emprestando a voz aos ambientes trip-hop dos Coldfinger.

Ouvir Aqui
Pág. 1 de 5
Go to top