Radio Utopia Player

Rodrigo Serrão apresenta 1º álbum

Músico, compositor, autor e produtor, Rodrigo Serrão tem uma carreira consolidada nos mais prestigiados palcos do mundo e participações gravadas em mais de uma centena de discos. Com uma experiência acumulada ao longo dos anos na companhia dos maiores artistas portugueses, do Jazz ao Fado, da Pop à World Music, é um músico de desafios. O álbum de estreia "Stick to The Music" tem data marcada para dia 3 de Março. No dia 3 Fevereiro vai estar disponível em Pré-Venda nas plataformas digitais. O espetáculo de apresentação do CD vai ter lugar no dia 11 de Fevereiro no Centro Cultural do Cartaxo, pelas 21h30m.

Vira Casaca lançam Rancho de Santa Fé

Se este texto começasse com “Era uma vez,” estaríamos a contar que os Vira Casaca são uma banda formada em Santarém e que já detém no seu passaporte carimbos interessantes como o Bons Sons, a Feira Nacional da Agricultura, o Festival Nova Música ou até mesmo o Rock in Rio, assim como os de vencedores do Festival de Música Moderna de Corroios ou das participações nas colectâneas “Novos Talentos FNAC” e “Estou Bem Aqui Em Portugal” (Azul de Tróia). O principal motivo que desencadeou esta escalada surpresa foi a canção “Betinhas de Santarém” e o seu vídeo sui generis.
O primeiro disco da banda será editado no dia 16 de Setembro, foi batizado de “Rancho da Santa Fé” e conta com onze músicas originais.

Ouvir Aqui

A estreia dos The Dowsers Society

Nascem numa noite Lisboeta e estreiam-se com álbum homónimo

The Dowsers Society é uma banda rock de influências blues, psicadélicas, stoner e post rock, caracterizada pela busca de sons electrificados, reverberados, que ecoam e transportam o nosso imaginário para um espaço desértico. A banda nasce em 2014 numa noite lisboeta, com Carlos Alves (guitarra e voz), Luís Gama (bateria) e Ivo Martins (baixo e voz).

O álbum de estreia homónimo foi gravado, misturado e masterizado por Bruno Pedro Simões (Sean Riley & The Slowriders) nos Black Sheep Studios, Sintra, entre Outubro e Dezembro de 2015. A produção ficou a cargo de The Dowsers Society e Bruno Pedro Simões.

O álbum The Dowsers Society, composto por 8 faixas, é a concretização de uma busca sonora e estética que anda em torno de um imaginário de vastidão profunda. Ecos e sons subterrâneos surgem dentro de cada Ser e concretizam-se em emoções reais ou imaginadas, algumas sibilantes e suaves outras gritantes e guturais, mas sempre perigosas tal como o é a alma Humana. A realidade que nos rodeia é um amanhecer moldado e distorcido numa noite sem estrelas onde a aurora é, por vezes, apenas uma miragem.

Ouvir Aqui

Próximos Showcases:

2 Set. - FNAC Alfragide - 21:30
4 Set. - FNAC Colombo - 17:00
9 Set. - FNAC Almada - 22:00

The Weatherman Lança “Eyeglasses For The Masses”

The Weatherman está de volta com novo álbum

“EyeGlasses For The Masses”, o quarto disco da sua carreira, é apresentado pela primeira vez em Lisboa, na próxima quinta-feira, 23 de Junho, às 22h30, no Sabotage Clube.

Calling All Monkeys, o single mais recente, deu o mote e cumpriu o desígnio de reclamar atenções. Mas há mais para explorar. “Eyeglasses For The Masses” nasceu de uma procura genuína pela autenticidade da escrita de canções pop, de uma crença em ser possível mover tudo e todos com o poder de uma grande canção. Olhos de vidro para multidões são como o espelho de Alice multiplicado e acessível a todos. Realidades distintas sob perspectivas ilimitadas. A contra cultura mais do que nunca contra todas as correntes.

Tendo como motor a glorificação da fragilidade humana e das rupturas causadas pelo amor como necessárias para fazer o mundo seguir em frente, o disco remete para a herança da pop anglo-saxónica dos finais dos 60’s e inícios dos 70’s, do psicadelismo, do encanto e do desencanto hippie, da mística sensual da era espacial, do misticismo cósmico cujo paralelismo poderá ser encontrado nas palavras desenfreadas de poetas da «beat generation».

Em 2016 The Weatherman apresenta-se ao vivo com uma formação inteiramente renovada, que inclui nas suas fileiras músicos como Alexandre Almeida (co-produtor do disco), Nuno Melo (baixo), ou João Nuno Almeida (bateria), provenientes de bandas como Honey Bee, Turbojunkie, Bandemónio, Mundo Secreto ou Souls Of Fire.

Em dez anos de carreira, The Weatherman tocou e lançou discos em Portugal, mas recentemente também iniciou um percurso fora de portas, nomeadamente no Norte da Europa (Holanda. Bélgica e Alemanha), já contando com duas tours de concertos e destaques na imprensa musical, assim como airplay em diversas rádios nacionais, como a holandesa 3FM.

O disco foi gravado nos estúdios Hertzcontrol, em Caminha, por Marco Lima, produzido por Alexandre Monteiro e Alexandre Almeida, e misturado nos SoundHill Studios, no Porto, por João André. A masterização foi realizada em Los Angeles pela mão do galardoado Brian Lucey (Artic Monkeys, Black Keys, The Shins, Beck, Sigur Ros, entre outros).

Integrado na NATURAMA #05, noite de curadoria entre a WH! e o Sabotage Club, o concerto de lançamento de “Eyeglasses For The Masses” conta com primeira parte de Lucky Lupe, duo instrumental com influências do indie rock, post-rock e prog-pop, liderado por David Ferreira (You Should Go Ahead), actualmente a residir em São Paulo.

Ouvir aqui

Go to top